#Homenagem: 100 anos do mestre Jorge Amado











No último dia 10 de agosto, se estivesse vivo, Jorge Amado completaria cem anos. Seriam cem anos escrevendo e encantando as pessoas. 

Trata-se, para mim, de um dos maiores escritores brasileiros de todos os tempos. Um dos autores brasileiros mais lidos no mundo. Traduzido para mais de quarenta idiomas, retratando um Brasil nu e cru. 


Em prosa simples, vimos desde fortes críticas sociais à romances inesquecíveis. Vimos em sua obra, uma Bahia real retratada, com todo o seu sincretismo religioso, sua cultura, costumes e tipos populares. Um escritor que abusou da sensualidade das mulheres brasileiras e retratou toda a malícia que o Brasil tem, sem máscaras ou disfarces.

Jorge Amado também marcou seu nome na história ao entrar para a Academia Brasileira de Letras, ocupando a cadeira 23, cujo o patrono é José de Alencar. Recebeu diversos prêmios importantes, nacionais e estrangeiros. Dentre eles, o Jabuti e o Prêmio Camões, maior prêmio entregue aos escritores de língua portuguesa. 

Suas obras se tornaram ainda mais populares ao ganharem versões para o cinema, para a TV e até para o carnaval, virando enredo de escola de samba. A adaptação de "Dona Flor e Seus Dois Maridos" foi durante trinta e quatro anos a maior bilheteria do cinema nacional. E obras como "Gabriela, cravo e canela" e "Tieta do Agreste" vivaram novelas de grande repercussão e sucesso. Além de outros títulos igualmente famosos, como "Capitães da Areia" e "Tenda dos Milagres".

As Mulheres de Jorge 


Assim ficaram conhecidas quatro protagonistas dos romances mais conhecidos do escritor. Donas de uma forte personalidade e à frente do seu tempo, cada uma mudou valores e pensamentos da sociedades. 







Deixo este texto em forma de homenagem a este grande escritor, que conquistou o povo brasileiro de modo simples e particular. Jorge é um dos meus autores preferidos, é fonte de inspiração. Uma das minhas maiores referências como escritor. Suas obras me tocaram e me fizeram refletir, pra mim, é um dos maiores nomes da literatura no Brasil. 

Parabéns Jorge!!! 


São 100 anos encantando as pessoas com suas histórias. Você pode não está mais aqui, mas suas obras permanecerão vivas para nós, seus leitores.   


¡Compártelo!

0 comentários:

Postar um comentário

Buscar

 

Já passaram por aqui:

O que fez sucesso

A Paulicéia Desvairada Copyright © 2011 | Tema diseñado por: compartidisimo | Con la tecnología de: Blogger